Início » 9 » Estudantes participam de oficina sobre a ‘Lei Maria da Penha’

Estudantes participam de oficina sobre a ‘Lei Maria da Penha’

Calendário

Março 2013
M T W T F S S
« Fev    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 3.358 outros seguidores

Na semana em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, o Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas), promove uma série de atividades com o objetivo de sensibilizar a sociedade para o problema da violência contra a mulher. Entre elas estão as oficinas “Lei Maria da Penha”, que buscam esclarecer alunos e comunitários acerca da lei e informá-los sobre os serviços estaduais existentes na capital de proteção e amparo às mulheres.
As atividades devem acontecer até o fim deste mês nas escolas públicas e nas associações comunitárias da cidade com os instrutores da Seas, que, por meio de palestras e distribuição de materiais informativos, explicam aos beneficiados como e onde denunciar casos de violência doméstica.
Na Escola Estadual Leonília Marinho, localizada na zona centro-sul de Manaus, os alunos puderam tirar dúvidas sobre a Lei No. 11.340/2006 (Maria da Penha). Foi o que aconteceu com o estudante Gabriel Gonzales, de apenas 14 de idade. “Aprendi que a mulher pode denunciar o agressor que venha agredi-la, mesmo que seja moralmente ou com alguma coisa que ele quebre dela, e isso pode gerar uma ‘pena’ para ele”, explicou.
Assim como Gabriel, a aluna Bianca Luna, 15, aproveitou a ocasião para conhecer os serviços da rede de proteção às mulheres. “Eu não tinha conhecimento sobre a lei e nem dos serviços que existem para atender as mulheres que sofrem algum tipo de violência. Achei importante esse ensino porque vai ajudar a nos prevenir”.
No bairro do Educandos, zona sul, alunos do curso de psicologia da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) também receberam capacitação. A psicóloga do Centro Estadual de Referência e Apoio à Mulher (Cream), Valcineide Garcia, destacou que a atividade foi importante porque preparou os acadêmicos para atuarem de maneira eficiente.
“Os alunos puderam conhecer sobre os serviços do Cream e da Lei Maria da Penha para serem multiplicadores do ambiente onde eles estão, seja em sala de aula ou como futuros profissionais. As explicações serviram para que eles possam identificar e saber trabalhar quando se depararem com uma mulher que está passando por violência”.
Evitar futuros agressores – O trabalho de sensibilização contra a violência da mulher ajuda a futura geração a se empenhar nessa luta e evita que surjam novos agressores. É o que afirma a juíza interina da Vara Maria da Penha, Luciana Nasser.
“É importante que as pessoas conheçam o trabalho desenvolvido pela Vara da Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher (Vara Maria da Penha) para que a sociedade possa combater esse tipo de violência. As pesquisas demonstram que as crianças que são criadas no ambiente com esse tipo de violência tendem a ser violentas na fase adulta. É interesse coletivo e do Estado que todos se engajem nessa batalha”, enfatizou.
A Vara Maria da Penha está localizada no bairro do São José, zona leste de Manaus, e vai completar, no próximo dia 8 de março, seis anos de existência na cidade. As ações do órgão contam com o apoio da presidente do Fundo de Promoção Social (FPS) e primeira-dama, Nejmi Aziz, que também coordena campanhas específicas de combate à violência doméstica em todo o Estado do Amazonas.

FOTO – HERICK PEREIRA / AGECOM


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: