Início » 2 » Senador é premiado por trabalho para a conservação ambiental

Senador é premiado por trabalho para a conservação ambiental

Calendário

Fevereiro 2013
M T W T F S S
« Jan   Mar »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728  

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 3.358 outros seguidores

Senador Eduardo Braga recebe o prêmio Global Conservation Hero das mãos do presidente da CI Global, Russell Mittermeier e André Guimarães, preidente CI Brasil.
O senador Eduardo Braga (PMDB/AM) foi um dos homenageados na noite desta quarta-feira (20) com o Prêmio Global Conservation Hero. O evento foi realizado no Hotel Grand Hyatt, em São Paulo, e contou com a presença do ator Harrison Ford, vice-chair da Conservação Internacional (CI) – entidade que concedeu o prêmio para duas personalidades. Braga foi reconhecido pelo trabalho que realizou para a conservação do meio ambiente durante os sete anos de seu mandato como governador do Amazonas.

O senador dedicou o prêmio ao estado: “Esse prêmio não é meu. Esse prêmio é dos verdadeiros guardiões da floresta, que são as pessoas que moram no Amazonas”, agradeceu. Eduardo Braga convidou Harrison Ford para visitar o estado na sua próxima vinda ao país. O ator parabenizou o senador pelo trabalho realizado em prol da conservação ambiental.

Foi a primeira vez que dois políticos brasileiros receberam o prêmio da Conservação Internacional. Além de Braga, o governador do Amapá, Camilo Capiberibe, foi homenageado. Durante a cerimônia, o presidente global da entidade, Russell Mittermeier, destacou a importância de homens públicos realmente comprometidos com a questão do desenvolvimento sustentável no Brasil, especialmente na Amazônia.
Senador Eduardo Braga e o vice-chair da Conservação Internacional (CI), o ator Harrison Ford.

Histórico

Quando esteve à frente do governo estadual, entre 2003 e 2010, Eduardo Braga criou a primeira Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento do Amazonas. Foi uma iniciativa pioneira no país, por incluir em uma única estrutura “meio ambiente” e “desenvolvimento sustentável”.

Outra conquista do senador para a conservação do meio ambiente no Amazonas foi a ampliação da rede de unidades de conservação no estado, que passaram de 12 para 41 unidades, um aumento de 241,6 % – o que corresponde a uma área conservada de 19 milhões de hectares. Nesse sentido, houve redução significativa do desmatamento no Amazonas. Em 2003, eram desmatados 1.593 hectares por ano, em 2010, esse índice era de 406 hectares.

Em 2007, o Amazonas promulgou a primeira Lei Estadual de Mudanças Climáticas do país. Essa lei garantiu a instituição do sistema de pagamento por serviços ambientais em unidades de conservação, conhecido como Programa Bolsa Floresta, que hoje beneficia mais de 8,4 mil famílias que moram nessas unidades. A lei possibilitou também que o estado criasse, em 2008, a Fundação Amazonas Sustentável, em parceria com o Banco Bradesco.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: