Início » 5 » Ministro promete ampliação do programa Luz para Todos no AM

Ministro promete ampliação do programa Luz para Todos no AM

Calendário

Janeiro 2013
M T W T F S S
« Dez   Fev »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 3.358 outros seguidores


Um grupo de 22 prefeitos do interior do Amazonas foi recebido nesta quarta-feira (30) pelo ministro das Minas e Energia, Edison Lobão, para reivindicar a ampliação do programa Luz para Todos em vários municípios do estado. A reunião foi solicitada pelo líder do governo no Senado, Eduardo Braga (PMDB), após ouvir vários relatos de prefeitos insatisfeitos com o programa. A reunião é um dos encontros que Braga prometeu intermediar com o governo federal para que os prefeitos exponham dificuldades enfrentadas no interior em relação a programas desenvolvidos com recursos da União.


O senador informou ao ministro que a preocupação dos gestores era a informação de que o prazo para a liberação de recursos para os contratos vigentes do Programa encerra no próximo mês de março e várias comunidades podem não ser beneficiadas.


“Os prefeitos aqui estão ansiosos para saber se os contratos serão estendidos para alcançar novas comunidades onde ainda não tem energia elétrica. Sabemos que o programa já beneficiou várias famílias no estado, mas o desafio agora é chegar aos lugares mais distantes e de difícil acesso”, explicou o senador.

Em resposta, o ministro Edison Lobão disse que a meta para o estado até 2010, quando o programa deveria ter sido concluído, era atender 81 mil famílias, sendo atendidas efetivamente 83 mil. Ele esclareceu que o programa será estendido até o ano de 2014 para atender a famílias sem energia elétrica identificadas no último censo do IBGE.

“O Amazonas foi o estado onde o governo federal mais investiu recursos em energia elétrica. Fizemos o gasoduto Coari-Manaus e agora estamos concluindo o Linhão de Tucurí, que vai interligar o estado do sistema elétrico nacional. É um estado que por suas características geográficas oferece muitas dificuldades para a instalação dos equipamentos necessários ao fornecimento de luz, mas nem por isso estamos deixando de atender a população amazonense”, disse Lobão.
Ele também informou que a meta do programa Luz para Todos para o Amazonas é atender, no ano de 2013, 13.905 famílias. Para 2014, a meta é fazer mais 14,9 mil ligações.

Dificuldades

O prefeito de Fonte Boa, José Suediney Araújo (PSD), o Sué, informou que além de o Programa ainda não ter chegado várias comunidades, as empresas contratadas pelo governo federal para executar as obras de instalação exigem que as prefeituras paguem boa parte dos serviços.
“Eles exigem que a prefeitura abra estradas, faça o corte das árvores para colocar os postes, faça a fiação e agora querem que a prefeitura pague também o transporte dos trabalhadores. Se for para a prefeitura pagar tudo seria melhor que o governo federal depositasse o dinheiro direto na conta do município”, desabafou.

O ministro Edison Lobão disse que o procedimento é ilegal, porque de acordo com o contrato assinado com as construtoras, elas devem arcar com todas as despesas de instalação de energia elétrica. Ele prometeu verificar o caso e notificar a construtora responsável pelas obras no município.
Outra dificuldade relatada pelos prefeitos era a falta de acesso ao gestor do Luz para Todos no Amazonas. Segundo o prefeito de Manacapuru, Régis da Silva (PMDB), em várias ocasiões tentou falar com o gestor do programa no estado, sem sucesso.

“Ele quase nunca vem a Manaus, pois mora no Rio de Janeiro. Da última vez que tentei falar, agora como prefeito, me informaram que ele estava na Alemanha. Precisamos muito que o ministério indique um gestor que more no Amazonas e que conheça melhor o estado”, reclamou.

Além de Manacapuru e Fonte Boa, participaram da reunião os prefeitos ou vice-prefeitos de Alvarães, Anamã, Benjamim Constant, Borba, Canutama, Careiro Castanho, Guajará, Itacoatiara, Itapiranga, Iranduba, Maraã, Maués, Manaquiri, Novo Airão, Parintins, Rio Preto da Eva, São Paulo de Olivença, Silves, São Gabriel da Cachoeira e Tonantins. Também estiveram presentes a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB), o deputado federal Silas Câmara (PSD) e os deputados estaduais Vera Castelo Branco (PTB) e Chico Preto (PSD).

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: