Combate à violência contra a mulher no Amazonas ganha símbolo através da Vara Maria da Penha

A presidente do Fundo de Promoção Social (FPS), primeira-dama do Estado, Nejmi Aziz, participou na manhã desta terça-feira, 29 de maio, do lançamento da logomarca que simbolizará o combate à violência contra a mulher no Amazonas. A logomarca foi lançada pelo Tribunal de Justiça do Amazonas (TJA), por meio da Vara Maria da Penha, e foi escolhida a partir de um concurso realizado entre alunos de escolas da rede pública, através do projeto “Maria vai à escola”.

“Eu sou apoiadora desse tipo de iniciativa que só vem a somar com as ações que o Estado desenvolve no combate à violência contra a mulher. Curiosamente, os três maiores destaque neste concurso são homens, isso demonstra que a proposta educativa da Vara Maria da Penha está atingindo a camada da sociedade que mais precisamos atingir, os homens”, destacou Nejmi Aziz durante a solenidade promovida pelo TJA no auditório da Escola Superior de Ciências da Saúde (ESA) da Universidade do Estado do Amazonas (UEA).
Durante a cerimônia, a primeira-dama do Estado entregou, aos três primeiros colocados no concurso para a nova logomarca, notebook e telefones celulares. O autor do desenho adotado como logomarca, Albert de Jesus Oliveira, aluno da Escola Estadual Vasco Vasquez, contou que a inspiração veio depois que ele participou das palestras do projeto ‘Maria vai à escola’. “Quando desenhei a figura feminina com uma rosa e sem definição no rosto eu quis passar um pouco do que aprendi, não importa quem seja a mulher, nelas não se bate nem com uma flor”, explicou o estudante.
Segundo o titular da Vara Maria da Penha, juiz Francisco Almada, a estratégia do TJA é seguir com o projeto para mais escolas do Estado, formando multiplicadores na redução dos casos de violência contra a mulher. “Muitas mulheres não sabem a estrutura que as aguarda nem as lei que as defende, por isso estamos levando esse conhecimento para as escolas. Além de apresentar que o serviço disponibilizado pelo Estado, a educação serve para esclarecer sobre o que é violência doméstica, evitando casos na Vara que não podem ser resolvidos por lá”, destacou.
A primeira fase do projeto iniciou em março deste ano, atendendo cerca de 500 estudantes. No próximo trimestre, segundo Alamada, a proposta é expandi-lo para mais escolas.
FOTOS: HERICK PEREIRA

Publicado por Amazonas Em Destaque

Um blog com os principais fatos e destaques do Estado do Amazonas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: