Seduc lança edição 2012 do Prêmio Estadual de Gestão Escolar

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Educação e Qualidade de Ensino (Seduc), lançou, nesta sexta-feira, dia 11 de maio, a 13ª edição do Prêmio Estadual de Gestão Escolar, que vai destacar iniciativas de sucesso na educação básica das escolas da rede pública do estado. O lançamento ocorreu no Centro Educacional de Tempo Integral (Ceti) Gilberto Mestrinho (avenida Leopoldo Peres, s/nº, Educandos, zona sul) e reuniu diretores das escolas da rede estadual.

Promovido anualmente, a premiação é para escolas da educação básica que desenvolvem iniciativas e experiências inovadoras e bem sucedidas, que contribuem para a melhoria da aprendizagem dos alunos. “O objetivo é aprimorar a gestão escolar para a escola participar, construir uma cultura de gestão que seja condizente com as nossas expectativas”, enfatizou o secretário estadual de Educação, Gedeão Amorim.
Um dos contemplados com o prêmio foi o diretor da Escola Estadual Benjamin Magalhães Brandão, Amim Haddad. Localizada no bairro da Compensa, zona oeste de Manaus, a escola era problemática, com recordes de evasão escolar e baixo desempenho de aprendizagem. A reformulação pedagógica mudou o quadro e foi reconhecida com o prêmio de Gestão, em 2009.
“O prêmio deu à escola a oportunidade de fazer um diagnóstico, descobrir os pontos fracos, juntamente com a equipe do prêmio. Não é só um gestor, é uma equipe toda elaborando estratégias para atacar o problema. Com o prêmio, nós fomos aos Estados Unidos e conhecemos experiências educacionais de lá, um intercâmbio muito interessante”, disse Haddad, que, atualmente, é coordenador pedagógico da Coordenadoria de Educação da zona centro-oeste.
Incentivos aos professores e alunos – No âmbito estadual, a Seduc também investe em premiações como forma de incentivar melhorias no desempenho escolar. As escolas que atingem metas de pontuação na Prova Brasil, que mensura os resultados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), realizado pelo Ministério da Educação em todo o País, recebem 14º, 15º e até 16º salários.
Alunos com aproveitamento de 90% nas disciplinas e frequência também são contemplados com uma poupança no valor de R$ 500. “São diversas estratégias para fortalecer a educação. Tudo isso gera resultados importantes para a nossa educação e contribui para sua evolução gradativa ano após ano. estimulamos a participação porque essa nova atitude também gera uma nova prática educacional”, disse Gedeão Amorim.
As escolas selecionadas como destaques estaduais no Prêmio de Gestão Escolar recebem R$ 6 mil. As seis finalistas no plano nacional ganham R$ 10 mil e a escola vencedora nesta categoria recebe R$ 30 mil.
Prazo – As escolas têm até o dia 1º de junho para inscrever os projetos no site do Conselho Nacional dos Secretários de Educação (Consed). O endereço é www.consed.org.br/pge. O resultado será divulgado no segundo semestre.
O Prêmio de Gestão Escolar, criado em 1998, é iniciativa do Ministério da Educação, Embaixada dos Estados Unidos no Brasil, Instituto Unibanco, Fundação Itaú Social, Conselho Nacional de Secretário de Educação (Consed), da União Nacional de Dirigentes Municipais de Educação (Undime), Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco), Fundação Victor Civita, Gerdal, Fundação SM, e Fundação Roberto Marinho.
FOTOS: NONATO DUARTE/AGECOM



Publicado por Amazonas Em Destaque

Um blog com os principais fatos e destaques do Estado do Amazonas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: