Governador Omar Aziz e ministra do Planejamento discutem solução para dar celeridade à obra do monotrilho

Em reunião com o governador Omar Aziz, em Brasília (DF), na tarde desta terça-feira, 24 de abril, a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, se comprometeu em articular uma reunião entre o Ministério do Planejamento, o Governo do Amazonas e a Caixa Econômica Federal para dar maior celeridade ao projeto de implantação do monotrilho em Manaus. Omar Aziz se reuniu com a ministra para tratar de obras da Copa de 2014 e investimentos em moradia popular.


“Estamos com problemas como a demora no repasse de recursos federais e ainda impasses com órgãos fiscalizadores. Eu já dei a ordem de serviço para o monotrilho, por exemplo, mas a Caixa Econômica Federal está analisando o projeto e, diariamente, solicita dados referentes a ele. A questão é que o monotrilho é uma obra complexa. Eu falei sobre isto com a ministra Belchior porque o principal legado que a Copa vai deixar para o Amazonas é a mobilidade”, disse Omar ao defender uma solução para que o projeto do monotrilho avance.

A ministra se comprometeu em trabalhar nesta solução. “Já solicitei à equipe do Ministério que marque uma nova reunião de trabalho a fim de avaliarmos o assunto e deliberar uma solução”, afirmou Miriam Belchior.


O governador também tratou da obra da Arena da Amazônia, durante a reunião, e relatou à ministra que a preocupação do Governo do Estado refere-se ao valor da obra, inicialmente orçado em R$ 499 milhões. “O projeto executivo prevê aditivos fazendo com que esse valor salte para R$ 639 milhões. Eu não vou fazer nenhuma obra que não esteja de comum acordo com o Tribunal de Contas da União e o Tribunal de Contas do Estado. A empresa vencedora da concorrência terá de cumprir o contrato”, frisou Omar Aziz.

Nesta quarta-feira, dia 25 de abril, está agendada uma nova reunião para tratar sobre a Arena da Amazônia, desta vez com a ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffman. O encontro acontecerá no Palácio do Planalto, às 10h, horário de Brasília.


Casas populares – Ainda na pauta do encontro com a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, Omar Aziz conversou a respeito de investimentos na área habitacional, entre os quais projetos do programa “Minha Casa, Minha Vida” destinados aos municípios com população inferior a 50 mil habitantes. Segundo a secretária estadual de Infraestrutura, Waldívia Alencar, que também participou da reunião, o Amazonas garantiu a construção de 2.142 unidades habitacionais para 41 municípios do interior do Estado. “Desses, cinco (Caapiranga, Guajará, Juruá, Manaquiri e Novo Aripuanã) serão projetos de competência da Prefeitura”, explicou a titular da Secretaria de Estado de Infraestrutura.

As casas populares terão 36 metros quadrados com valor de até R$ 25 mil por unidade habitacional.

O governador do Amazonas também solicitou à ministra que agende com a presidenta Dilma Rousseff uma data para a inauguração do conjunto habitacional do “Minha Casa, Minha Vida” que está sendo construído em Manaus, com 8.895 moradias populares. A previsão do Governo do Estado é entregar a primeira etapa do conjunto, com 3.511 unidades, em julho. A segunda etapa, com 5.384 unidades, deverá ser inaugurada em 2013.

Fotos: Alex Pazuello / AGECOM

Publicado por Amazonas Em Destaque

Um blog com os principais fatos e destaques do Estado do Amazonas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: