Governo Estadual articula apoio técnico dos Estados Unidos para a Copa de 2014

A área da segurança pública do Amazonas poderá ser a principal beneficiada com a parceria que está sendo costurada entre os Estados Unidos e o Brasil para apoio técnico do governo norte-americano com vistas à preparação das cidades brasileiras para a Copa de 2014. O assunto foi tratado pelo governador do Amazonas em exercício, José Melo, e a assessora de Relações Intergovernamentais dos Estados Unidos, Reta Lo Lewis, durante audiência nesta segunda-feira, dia 26 de março, na sede do Governo, localizada no bairro Compensa (zona oeste de Manaus).

“O acordo bilateral já está sendo tratado disso no âmbito federal. Esta negociação deve ser ainda mais estreitada com a visita que a presidenta Dilma fará ao presidente Barack Obama, prevista para o mês de abril. Porém o Amazonas, conforme orientou o governador Omar Aziz, está se antecipando ao sinalizar interesse pela cooperação”, pontuou José Melo.
A assessora especial do Departamento de Estado Americano, que reporta diretamente a secretária de Estado Americano, Hillary Clinton, está visitando todas as cidades-sede da Copa do Mundo de 2014 com o objetivo de fortalecer o relacionamento entre governadores e prefeitos americanos e brasileiros.  
Nas visitas, o governo norte-americano avalia o interesse dos governos locais em relação à contribuição que os EUA poderão conceder na preparação do Mundial, já que os americanos têm vasta experiência em eventos esportivos de grande porte, como é o caso da Copa. “Nós demonstramos esse interesse para que possamos ter a oportunidade de acessar o conhecimento que os EUA possuem nessa área. Eles que já sediaram as Olimpíadas, por exemplo, têm a expertise nesse sentido. E isso será muito importante para que a nossa segurança fique ainda mais aprimorada para a Copa”, frisou o governador em exercício.
Durante a reunião, José Melo sugeriu que uma comitiva do Governo do Amazonas viaje aos Estados Unidos a fim de conhecer de perto a experiência americana na realização de eventos desportivos.  Segundo a representante dos EUA, esta proposta já existe e segue em estágio avançado. “O Brasil já nos enviou um pedido para visitar Nova York e Washington. Mesmo assim iremos levar a sugestão do Amazonas para o governo americano”, afirmou Reta Lewis.
No encontro ficou definido que a comissão da Câmara Copa Segura, responsável por integrar as ações de segurança pública dos órgãos estaduais, municipais e federais, fará os contatos com as pessoas indicadas pela assessora norte-americana com o intuito de formalizar essas visitas.
O governador em exercício, José Melo, ainda discutiu com a assessora americana a possibilidade de os EUA e o Amazonas firmarem um acordo de cooperação estabelecendo a troca de experiências, via intercâmbio, para os alunos que ingressarão no novo campus da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) a ser construído em Iranduba, na região metropolitana de Manaus (RMM).
Melo citou detalhes do projeto da Cidade Universitária, idealizada por Omar Aziz, que reunirá todas as unidades da UEA na capital, além de abrigar estudantes da instituição de municípios da RMM.
Participaram da reunião com a representante especial dos EUA, o secretário de Planejamento do Amazonas, Aírton Claudino, a secretária estadual de Esporte, Alessandra Campêlo e o coordenador da Unidade Gestora do Projeto Copa (UGP Copa), Miguel Capobiango Neto.
Áustria e Rússia – Seguindo a agenda de compromissos deste início de semana, o governador em exercício, José Melo, ainda teve audiências com o embaixador da Áustria, Hans-Peter Glanzer, e em seguida com o embaixador da Rússia, Sergey Akopov. O principal tema da pauta de reuniões foi o estreitamento das relações comerciais com o Amazonas.
O governador em exercício indicou aos governos da Áustria e Rússia a piscicultura como uma atividade promissora e com grandes atrativos para o capital internacional. “Tivemos a oportunidade de mostrar a eles o potencial de nosso Estado, visando o futuro de nossas riquezas naturais, as quais deixam muito entusiasmadas as autoridades internacionais. Em contrapartida, eles vieram colocar o interesse de empresas austríacas e russas em investir, principalmente, no Polo Industrial de Manaus”, disse José Melo.
De acordo com o embaixador da Rússia, ano passado uma comitiva de empresários russos esteve no Brasil avaliando mercados com potencial para investimentos futuros. Sergey Akopov antecipou que outra missão empresarial deverá ser realizada este ano. “Irei sugerir a inclusão de Manaus no roteiro dos investidores”, afirmou.
O embaixador Akopov também adiantou outra parceria bilateral que vem sendo analisada pelas autoridades russas que estabelece a troca de informações entre a Defesa Civil da Rússia e a Defesa Civil Nacional. “Se for aprovada, a proposta poderá contribuir até com o trabalho da Defesa Civil do Amazonas. Na Rússia também temos desastres naturais como aqui. Queremos repassar nossa experiência para ajudar as famílias que sofrem com grandes cheias e grandes secas”, finalizou o representante do governo russo.
FOTOS: ROBERTO CARLOS

Publicado por Amazonas Em Destaque

Um blog com os principais fatos e destaques do Estado do Amazonas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: