Hospital Adriano Jorge tem semana de mutirão em cirurgias ortopédicas


Referência em tratamento ortopédico no Amazonas, a Fundação Hospital Adriano Jorge (FHAJ) deu início, nesta segunda-feira, 5 de março, a semana de mutirão de cirurgias de Artroplastia de Quadril para beneficiar 30 pacientes
do Estado que estavam em tratamento no Rio de Janeiro. Realizado em parceria com o Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia Jamil Haddad (Into), o procedimento cirúrgico de alta complexidade é direcionado a pacientes com lesões degenerativas nos ossos que precisavam implantar próteses ou revisar as cirurgias.

A ação segue orientação do Governador Omar Aziz de ampliar a oferta de cirurgias para atender a população do Estado e está sendo executada através de convênio de cooperação técnica entre o Ministério da Saúde e a Secretaria de Estado da Saúde (Susam).

Segundo o coordenador do Into, o médico José Luiz Ramalho, a maioria dos casos são de artrose degenerativa, artrose secundária e artrite reumatóide, doenças que ocasionam a degeneração das articulações e acabam exigindo a colocação de próteses para recuperação de movimentos ou redução de dores. Encaminhados pela Central de Regulação da Secretaria de Estado de Saúde (Susam), os pacientes do Tratamento Fora do Domicílio faziam acompanhamento médico na sede do Into, no Rio de Janeiro, onde aguardavam por cirurgia.

 

“O paciente sai da sala de cirurgia e no dia seguinte já é capaz de se levantar. Sai do hospital andando com auxílio, o que é fantástico. O paciente que tinha uma dor incapacitante, muitas vezes até crônica, tem uma melhora sensível e a dor praticamente some. O ganho é principalmente em qualidade de vida”, disse Ramalho.

Uma das beneficiadas é a aposentada Maria Madalena, 65, que foi submetida a uma revisão da prótese ortopédica. Ela já passou por outros dois procedimentos cirúrgicos por causa de problemas ortopédicos. “Eu já tinha ficado em tratamento fora de Manaus com apoio do Governo e agora vou fazer essa cirurgia aqui. A assistência do hospital é muito boa, os médicos também. Além de tudo, é melhor porque a gente está perto de casa, da família”.

“Nosso hospital é referência em tratamento ortopédico. Realizamos desde cirurgias mais simples até as mais complexas e, eventualmente, ainda contamos com esses apoios em ações com instituições parceiras. Essa é uma iniciativa de grande importância. É uma cirurgia de alta complexidade e que nós tínhamos algumas dificuldades para adquirir essas próteses e o Ministério da Saúde está fornecendo”, destacou o diretor de Assistência Médica da FHAJ, Ítalo Cortez.

Casos graves – Devido à alta complexidade, alguns pacientes identificados durante triagem dos cirurgiões não serão atendidos durante o mutirão de operações em Manaus e passarão por tratamento na sede do instituto.

“Grande parte dos casos será resolvida agora, mas alguns são tão graves que não tem como ser feitos aqui e serão realizados no Rio de Janeiro. Por exemplo, em alguns casos, a gente precisa de osso de banco de cadáver para suprir uma falha óssea”, frisou Ramalho.

Treinamento para profissionais locais – De acordo com Ítalo Cortez, além de beneficiar a população com a jornada de cirurgias, a ação da Into também envolve o treinamento de profissionais da FHAJ para atuar realizando o procedimento.

“Não é só um evento assistencial, também envolve a capacitação de profissionais aqui de Manaus para o aprendizado de novos procedimentos para realizar no Estado”, frisou.


FOTOS: ROBERTO CARLOS / AGECOM

Publicado por Amazonas Em Destaque

Um blog com os principais fatos e destaques do Estado do Amazonas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: