Governo do Estado recupera estradas do interior

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra), está realizando a recuperação da malha viária do entorno da capital e do interior estado, entre elas a AM-363, a Estrada da Várzea, com 111 km de extensão, e a AM-330, a Estrada de Silves, com 15 km. A BR-307, entre Benjamin Constant e Atalaia do Norte, construída pelo Governo do Estado; e a BR-317, com 100 km, entre o município de Boca do Acre e a divisa com o Estado do Acre, também estão recebendo manutenção da Seinfra.

A secretária estadual de Infraestrutura, Waldívia Alencar, explicou que a recuperação das estradas segue uma determinação do governador Omar Aziz. “O governador Omar Aziz tem uma preocupação muito grande com a questão da logística entre os municípios, de modo a garantir o escoamento da produção rural em direção aos centros consumidores”.

Por essa razão, o Governo do Amazonas mantém contratos, por intermédio da Seinfra, para a manutenção e conservação das estradas. “Esse trabalho de manutenção do leito das rodovias se faz necessário para que elas ofereçam segurança e trafegabilidade, garantindo assim a circulação de riquezas e a comunicação entre os municípios”, ressalta a titular da Seinfra.

Ela explica que o processo de manutenção envolve serviços e ações como os de tapa-buraco, limpeza lateral com roçada manual, desobstrução de drenagem, limpeza de saídas de água, limpeza de sarjetas e pintura de meio-fio, recomposição mecanizada de aterro, tratamento superficial de acostamentos, imprimação e recomposição de revestimento asfáltico, entre outras.

Novas licitações – Além dos contratos em andamento em todas as rodovias, o Governo do Estado realizará novos processos licitatórios para dar continuidade ao processo de manutenção na Estrada do Manaquiri, a AM-354; na Estrada de Balbina, a AM-240; na Estrada de Novo Airão, a AM-52; na rodovia Carlos Braga, em Iranduba; na AM-254, a Estrada do Manaquiri; e na AM-070, a Manoel Urbano, que receberá obras de duplicação.

O Governo do Estado também vai recuperar em 2012 a Ponte do Poranga, situada na entrada da sede do município de Itacoatiara. Ela apresenta um processo erosivo no encabeçamento pelo lado que dá para Manaus. A Seinfra já realizou todo o levantamento necessário para a elaboração do projeto de recuperação da Ponte do Poranga, que, em função das constantes cheias e vazantes verificadas na área em que foi construída, passou por um forte processo de erosão que agora terá sua estrutura recuperada.

Reciclagem – A Estrada Manaus-Itacoatiara, a AM-010, recebeu, no decorrer do ano de 2011, serviços de recuperação e manutenção, e obras de reciclagem em um trecho de 32 km, além da recuperação de 19 erosões. Neste ano, ela continuará recebendo manutenção e conservação entre Manaus e a sede do município do Rio Preto da Eva, além da reciclagem de trechos entre o Rio Preto da Eva e a Vila de Lindóia e da Vila de Lindóia e a sede do município de Itacoatiara.

A reciclagem consiste na utilização de uma máquina recicladora, que retira todo o revestimento afetado, além da base e sub-base, que passam por um processo de trituração, ao qual é acrescido cimento para reaplicação no leito da estrada para, em seguida, ser aplicada a pintura de ligação e o novo revestimento asfáltico.

Assessoria técnica para os municípios – Na última quinta-feira, dia 12 de janeiro, o Governo do Estado, por meio da Seinfra, criou uma comissão para prestar assessoria direta aos prefeitos do interior quanto aos prazos e a documentação necessária para a realização de convênios com o Governo do Amazonas.

“Nós verificamos que algumas prefeituras deixavam de apresentar determinados documentos e, por isso, perdiam os prazos exigidos para iniciar o processo destinado a firmar o convênio quanto para as prestações de contas necessárias”, informou a secretária Waldívia Alencar.

De acordo com a secretária, a não apresentação de documentos ocasionava enormes prejuízos para a prefeitura, que ficava inadimplente, e para a municipalidade que perdia a obra. Preocupada com essa situação e em atendimento a uma orientação do governador Omar Aziz, a Seinfra distribuiu uma lista especificando todos os documentos exigidos para a celebração de convênios; para a liberação de parcelas de convênios; para aditivos de prazos ou de serviço; e ainda aqueles necessários para a prestação de contas de convênios, objetivando o máximo de transparência e velocidade nos processos.

Publicado por Amazonas Em Destaque

Um blog com os principais fatos e destaques do Estado do Amazonas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: