Omar Aziz defende competitividade e diversificação do PIM e a adoção de medidas para proteger a indústria nacional

O governador do Amazonas, Omar Aziz, apontou a garantia da competitividade e a abertura de novos segmentos de produção no Polo Industrial de Manaus (PIM) como os maiores desafios que o novo superintendente da Zona Franca de Manaus, Thomaz Nogueira, terá à frente do órgão. “Temos de estar preparados para manter a competitividade de Zona Franca, gerando mais oportunidades. Não tenho dúvidas de que, com engajamento e compromisso social, será possível. Tenho certeza que podemos conseguir vitórias a curto prazo”, afirmou o governador durante solenidade de posse de Nogueira, na tarde desta terça-feira (10).
Omar Aziz lembrou que a evolução no consumo no mercado nacional e nas exportações nos últimos anos impulsionou o crescimento econômico e o faturamento do PIM, fortalecendo principalmente os setores de eletroeletrônicos e duas rodas. Ele destacou, porém, que, mesmo em boa fase, a economia local registrou perdas com o esvaziamento de setores importantes em virtude de medidas adotadas pelo Governo Federal ou resultado da “guerra fiscal” entre os Estados, que diminuíram a competitividade da produção do PIM.
“O polo de eletroeletrônicos e duas rodas foram fortalecidos, mas fomos perdendo um setor importante que é o de informática. Vira e mexe somos surpreendidos com medidas que retiram nossa competitividade. O ano de 2012 será um ano difícil. Para manter o nível de emprego e ampliar o crescimento econômico é necessário que toda essa equipe que vai compor a direção da Suframa esteja imbuída do mesmo propósito: exportar cada vez mais e dar competitividade”, disse.
Um dos desafios apontados pelo governador é a aprovação de um maior número de Processos Produtivos Básicos (PPB), que definem os critérios de produção e modernização de processo industrial necessários para instalação de fábricas no PIM. Ano passado, 35 PPB’s não foram aprovados pelos Ministérios de Ciência e Tecnologia (MCT) e do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).
“Isso afetou a atração de novas indústrias para o Amazonas. Não aprovamos PPB’s importantes como o da indústria de remédios, o da Adidas (pra produção de calçados). A empresa que ia montar uma indústria de tênis no polo já vai para outro país. Temos também o do isotônico, da RedBull, que precisa ser aprovado o mais rápido possível”, afirmou Omar Aziz.
Durante a cerimônia de posse do novo superintendente da Suframa, o governador também defendeu a adoção de medidas pelo Governo Federal para frear a entrada de produtos que reduzem a competitividade da indústria brasileira. Um exemplo são as sacarias indianas, fabricadas com subsídio do governo da Índia e que entram com preço muito mais vantajoso no País do que o da produção nacional. “Nesse momento, a Índia subsidia a produção de sacarias e coloca no mercado a um preço que não temos competitividade. Mês passado, entrou um milhão de sacarias. É preciso nivelar o preço para frear a entrada”.
Para o governador, maior rigor também deve ser adotado com relação à entrada de produtos estrangeiros nos portos de Santa Catarina e Espírito Santo. “É preciso coibir a entrada desses produtos que só diminuem a nossa capacidade competitiva”, disse.
Os pontos defendidos pelo governador foram também repassadas ao ministro interino do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Alessandro Teixeira, em reunião na sede da Suframa. Omar Aziz também pediu que o Governo Federal prorrogue para outubro deste ano o prazo limite para que as indústrias do setor de eletroeletrônicos instalem o Ginga (software intermediário que permite desenvolver aplicações interativas de TV digital) em todos os aparelhos de TV produzidos no PIM. “Pedimos a prorrogação para outubro para que as empresas possam se adequar”.
Thomaz Nogueira, que assumiu a superintendência da Zona Franca após indicação do governador Omar Aziz, disse que está pronto para trabalhar em busca da superação de desafios para manter pujante a dinâmica econômica do PIM.  “Temos de ter claro que há certa expectativa de toda a população. Eu agradeço publicamente ao Governador Omar Aziz por ter se lembrado do meu nome para fazer essa indicação a presidente Dilma Rousseff. Meu compromisso agora é trabalhar para atender aos grandes desafios”, declarou o novo superintendente.

Fotos: Alex Pazuello / AGECOM

Publicado por Amazonas Em Destaque

Um blog com os principais fatos e destaques do Estado do Amazonas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: