Construção do Memorial Encontro das Águas começa até julho

O Governo do Amazonas vai iniciar a construção do Memorial Encontro das Águas no primeiro semestre deste ano, segundo informações do coordenador da Unidade Gestora do Projeto Copa (UGP Copa), Miguel Capobiango Neto. A obra está estimada em R$ 40 milhões e inclui a duplicação da avenida Cosme Ferreira desde o Instituto Federal do Amazonas (Ifam), antiga Escola Agrotécnica Federal até o memorial.

De acordo com Capobiango, o projeto básico do complexo turístico está em análise na Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra), que será a responsável pela obra. A licitação e início da construção devem ocorrer ainda no primeiro semestre deste ano.

O Memorial Encontro das Águas inicialmente era um projeto da Prefeitura de Manaus, que foi assumido pelo Governo do Estado no ano passado para utilizar o espaço como Fan Park durante a Copa do Mundo de 2014. Os Fan Parks são espaços onde o público que não vai ao estádio pode assistir aos jogos do campeonato com toda estrutura de telões, praça de alimentação e mobilidade urbana.

O coordenador da UGP Copa explicou que o governador Omar Aziz entendeu que a exposição das cidades sede da Copa do Mundo na mídia mundial é importante para fomentar o turismo no Estado e promover o legado de desenvolvimento que o evento pode trazer à região.

“Estima-se que dois bilhões de pessoas assistiram as transmissões televisivas da Copa da África, em 2010. Com esta exposição, nós podemos despertar a curiosidade dos turistas para conhecer o fenômeno do Encontro das Águas e impulsionar nosso turismo”, explicou.

Ponto turístico – O memorial terá uma área de 9.383,33 m² de área construída no local conhecido como Mirante da Embratel, no bairro Colônia Antônio Aleixo, zona leste de Manaus. O conjunto arquitetônico será composto por um pavilhão em formato de oca, com 35 metros de diâmetro na base e altura de sete metros, elevado em relação ao piso da praça, proposta como espaço aberto à paisagem.

A estrutura irá dispor também de um subsolo onde funcionará o restaurante com visão panorâmica para o fenômeno do encontro das águas dos rios Amazonas e Negro. O local é considerado o melhor ponto de visão do fenômeno natural a partir do solo, de onde é possível ver aproximadamente cinco quilômetros da divisão das águas do rio Negro de Solimões. O mirante será construído a aproximadamente 40 metros de altura, o que propicia ainda mais a visibilidade.

Veja mais fotos:

ALFREDO FERNANDES E ROBERTO CARLOS


Publicado por Amazonas Em Destaque

Um blog com os principais fatos e destaques do Estado do Amazonas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: