SECRETÁRIO DE OBRAS À ÉPOCA DISSE QUE A MORTE DE ODAIR FOI CRIME PLANEJADO

O Jornal Amazonas em Tempo, do dia 15 de agosto de 1995, trouxe a versão do então Secretário de Obras Romão Almeida sobre o homicídio do Dr. Odair. Romão foi ferido à bala durante a confusão que resultou na morte do prefeito. Romão apresentou uma versão bem diferente da informada pelo soldado Ivo Silva de Souza.

Segundo o jornal, Romão afirmou que os soldados não deram ouvidos as advertências do prefeito que Arnaldo Mitouso estava armado, num bar próximo ao restaurante onde Odair jantava. Para Romão Almeida, Arnaldo Mitouso premeditou o crime ao tomar conhecimento que seu irmão havia sido preso.

Romão afirmou ao jornal que ao saber do incidente Arnaldo Mitouso se dirigiu ao bar de propriedade de Iolanda Lima, a 20 metros onde Odair e seus assessores se encontravam. Na versão de Romão, os soldados chegaram a abordar o vereador. Quando ele estava sendo levado, empurrou os policiais e já de arma em punho teria corrido na direção da mesa onde estava o prefeito. Romão disse que ao tentar evitar que o disparo atingisse Odair, acabou sendo ferido.

Ainda segundo Romão Almeida, o veredor Arnaldo Mitouso tentou atingir o prefeito depois que ele estava caído. “Ele ia dar o tiro de misericórdia. O prefeito estava caído no chão”, disse aos jornalistas.

Em nenhum momento Romão admitiu que houve qualquer incidente entre o irmão do vereador e os assessores do prefeito que estavam jantando no América Bar, de acordo com o depoimento do soldado Ivo Souza.

Além do prefeito jantavam no restaurante, o irmão da Deputada Márcia Costa, Ricardo Costa, Haroldo Bruno, o secretário particular do prefeito José Herbet, o presidente da Liga Desportiva de Coari Aldir Martins e um outro assessor identificado apenas como Clemilton. (E.G)

16 ANOS DEPOIS

O tempo passou. 16 anos após o ocorrido Arnaldo Mitous consegue ser eleito Prefeito de Coari em uma eleição suplementar. O então desconhecido Clemilton elege-se vereador e hoje compõe a base de vereadores aliados de Arnaldo Mitouso.  Romão Almeida foi convidado por Mitouso para assumir a função de Secretário de Meio Ambiente e hoje assume a pasta ganhando um salário de 10 mil reais e prerrogativas do cargo. A esposa de Haroldo Bruno é atualmente Secretária Adjunta de Assistência Social e trabalha lado-a-lado com a esposa de Mitouso, a primeira dama do município.

Márcia Costa e Ricardo Costa deixaram de frequentar o município e hoje residem em Manaus.

José Herbet também reside em Manaus.

Publicado por Amazonas Em Destaque

Um blog com os principais fatos e destaques do Estado do Amazonas.

2 opiniões sobre “SECRETÁRIO DE OBRAS À ÉPOCA DISSE QUE A MORTE DE ODAIR FOI CRIME PLANEJADO

  1. SÃO UNS BANDOS DE COVARDES,TRAÍRAS,CUSPIRAM NO PRATO QUE COMERAM A INVEJA MASCARAVA ESSAS CARAS CORDEIROS MAS POR BAIXO DO PANO ESTAVA TUDO PLANEJADO,PARA A ENBOSCADA,SEUS TRAÍRAS.

  2. Quem te viu,quem te vê! Eles só esqueceram que DEUS é vigilante! Eles terão o que merecem! Todos os involvidos,todos pagarão! Venderam a alma,qdo se uniram a esse assassino!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: