Início » 2011 » Novembro » 21

Daily Archives: 21 de Novembro de 2011

QUEM ERA ODAIR CARLOS GERALDO PREFEITO ASSASSINADO DE COARI

Odair Carlos Geraldo era natural do município de José Bonifácio, interior de São Paulo, próximo a Ribeirão Preto. Ele veio para o Amazonas em 1976. Cursou Faculdade de Medicina na Universidade do Amazonas formando-se em 1986. Casado pela terceira vez, o prefeito de Coari deixou 3 filhos, dois do primeiro casamento e 1 do segundo. Quando faleceu era casado com a então Deputada Estadual Marcia Costa. Odair disputou duas eleições em Coari: a primeira foi em 1990 para deputado estadual, conseguindo apenas uma suplência. Em 1992 elegeu-se prefeito municipal pelo PRP, numa coligação integrada pelo vereador Arnaldo Almeida Mitouso, então seu correligionário.

Antes de ser prefeito de Coari, Odair Carlos Geraldo foi diretor do Hospital de Coari (antiga Unidade Mista de Coari) e superintendente do Pronto Socorro 28 de Agosto em Manaus, já na administração do ex-governador Gilberto Mestrinho em 1991.

Sua carreira política iniciou em Coari quando foi levado para dirigir a Unidade Mista de Saúde de Coari, pelo ex-prefeito Roberval Rodrigues (PFL – 1983 – 1988). Através da medicina em 1990 integrando o grupo do PFL, principal grupo político do município, Odair Carlos Geraldo lançou-se candidato a deputado estadual, dentro do grupo.

Por orientação do já prefeito Roberval Rodrigues e do seu sucessor Evandro Aquino (1988-1993) o candidato de consenso para a Assembléia Legislativa foi Mauricio Barreto. Odair se insurgiu contra o grupo e deixou o PFL transferindo-se para o PDC partido que antecedeu o PRP.

Disputado pelo PRP, Odair Carlos Geraldo obteve pouco mais de 2.000 votos, praticamente o dobro de Maurício Barreto apoiado pelas lideranças políticas do município. Respaldo pelo expressivo número de votos obtidos nas eleições municipais de 1990, Odair Carlos Geraldo lança-se candidato a prefeito de Coari, na sucessão de Evandro Aquino. Ele foi eleito com praticamente a maioria dos votos válidos.

O assassino, vereador Arnaldo Mitouso é bancário licenciado do Banco do Estado do Amazonas. Ele elegeu-se vereador na mesma coligação que elegeu Odair Carlos Geraldo. Mitouso foi eleito presidente da Câmara Municipal de Coari com o apoio do próprio prefeito.

O rompimento entre ambos aconteceu no segundo ano da administração do prefeito Odair e do vereador como Presidente da Câmara. O motivo seria o repasse de recursos da Prefeitura para a Câmara Municipal, que na opinião de Odair Carlos Geraldo era muito dispendiosa para os cofres públicos municipais.

Após o rompimento Arnaldo Mitouso passou a denunciar supostas irregularidades   praticadas pelo prefeito. Mitouso chegou a liderar iniciativas de Comissões Parlamentares de Inquérito para averiguar as denúncias. As propostas de CPI sempre foram derrubadas, já que o prefeito detinha a maioria dos 7 vereadores, de um total de 11, na Câmara.(E.G).
……………….

Texto original do Jornal Amazonas em Tempo.
 

NA ÉPOCA DA MORTE DO ENTÃO PREFEITO DE COARI ODAIR CARLOS GERALDO EDUARDO BRAGA ERA PREFEITO DE MANAUS E EMITIU NOTA DE PESAR

Hoje Eduardo Braga é um importantíssimo senador da república, um político de alto gabarito que além de ganhar as eleições em 2010 para o senado, elegeu seu sucessor e contribuiu para a eleição da senadora Vanessa Graziotim. Mas na época em que o então prefeito de Coari Odair Carlos Geraldo foi assassinado Eduardo Braga era prefeito de Manaus e não deixou o fato passar despercebido, tal foi a dimensão do acontecimento.

Na nota. CARLOS EDUARDO DE SOUZA BRAGA informou que a Prefeitura de Manaus estava profundamente consternada com o súbito falecimento do Dr. Odair Carlos Geraldo, digníssimo prefeito municipal de Coari e vinha de público externar o seu pesar à família enlutada, ao povo de Coari e aos amigos por aquele momento de dor e de tão irreparável perda.

PEDIDO DE ADVOGADOS DO PREFEITO DE COARI É NEGADO, JULGAMENTO DE MITOUSO É MANTIDO PARA AMANHÃ

A máxima “quem não deve não teme” deixa um ar de interrogação na medida adotada pelos advogados de Arnaldo Mitouso que até hoje tentaram de alguma forma adiar o julgamento. Na véspera do julgamento, os advogados de Mitouso ingressaram com um recurso tentando adiá-lo, mas o Pleno do TJA recusou e manteve o julgamento para amanhã. O crime aconteceu no ano de 1995 e somente agora será julgado, bem próximo da data da prescrição.

HOMICÍDIO DO DR. ODAIR: CRIME QUE TIROU A VIDA DO PREFEITO PRÓXIMO DE SER JULGADO

O Jornal Amazonas em Tempo do dia 15 de Agosto de 1995 trazia esta imagem emblemática do então governador Amazonino Mendes carregando o caixão do prefeito Odair Carlos Geraldo, que fora morto ainda no exercício do mandato. O governador Amazonino esteve no aeroporto Eduardo Gomes, o Eduardinho, onde acompanhou o embarque do corpo de Odair para Coari. O corpo fora levado à Manaus para que os procedimentos de autópsia. Em seguida o corpo foi trazido novamente para Coari onde milhares de pessoas aguardavam para as homenagens póstumas.