UEA terá cursos voltados ao desenvolvimento de novas áreas

O vice-governador do Amazonas, José Melo, afirmou, nesta quarta-feira, 22 de junho, que o Governo Estadual está planejando a implantação de novos cursos dentro da estrutura da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) que visem, essencialmente, aos novos mercados e à exploração sustentável de recursos amazônicos – como gás e petróleo, recém-descobertos na região do Juruá e Purus.

A informação foi dada durante uma sessão especial realizada pela Assembleia Legislativa do Estado (Aleam) em homenagem aos dez anos de existência da universidade. Atualmente, a UEA é considerada a maior universidade multicampi do país, atendendo a cerca de 22,5 mil alunos em 52 municípios, através de 63 cursos de graduação.

Segundo Melo, a ideia é que a UEA esteja à frente da formação da base necessária ao desenvolvimento de polos que deverão surgir “nos próximos 20 anos”. “São cursos para áreas como mineração, petróleo, gás, ictiologia (estudo de peixes) e farmacopéia. Nosso Estado tem essas riquezas e precisamos explorá-las para gerar emprego e renda”, defendeu.

O planejamento dos novos cursos está sendo executado conforme orientação do governador Omar Aziz, informou Melo. “Precisamos ter o cuidado de redirecionar os recursos da universidade para formar mão de obra e massa crítica para esses novos desafios. O governador tem a firme convicção de que a maior contribuição que ele pode deixar é uma educação forte”.

Ainda de acordo com o vice-governador, uma das principais preocupações do Governo do Amazonas é que os recursos naturais amazônicos sejam explorados por profissionais locais. “Esse precisa ser o novo papel da UEA”, frisou.

Também estiveram presentes à cerimônia ex-reitores e diretores, além de deputados da base governista e de oposição que, apesar das diferenças políticas, mantiveram o mesmo discurso de apoio à universidade. “É uma obrigação de todos nós trabalhar pelo crescimento da UEA porque ela não pertence a nenhum partido e, sim, ao povo amazonense”, frisou o presidente da Aleam, Ricardo Nicolau.

Universidade consolidada – Na solenidade comemorativa ao décimo aniversário da UEA, o reitor da instituição, José Aldemir de Oliveira, deu ênfase aos avanços da universidade ao longo dos anos. Segundo ele, mais de 24,3 mil pessoas, em todo o Estado, já obtiveram diplomas de nível superior por meio da instituição desde 2001.

Em dez anos, a UEA aumentou em 370% o número de vagas em cursos regulares, com pós-graduação, mestrado e doutorado. Das 63 modalidades oferecidas, 34 são ministrados na capital e 29 no interior. São cinco unidades em Manaus (Escolas Superiores) e outras 16 instaladas no interior (seis Centros e dez Núcleos de Estudos Superiores).

“Este é um momento de consolidação, de verificarmos, depois de dez anos, qual o nosso rumo e estamos fazendo isso discutindo com a sociedade. Não deixaremos de criar os cursos que deem conta da realidade amazônica. Tudo está sendo estudado com parcimônia e responsabilidade”, salientou o reitor.

Entre as recentes conquistas da UEA, José Aldemir lembrou da criação da carteira do estudante, documento que simboliza a identidade dos estudantes. Em maio deste ano, as unidades de Tecnologia (EST) e de Saúde (ESA) ganharam o Restaurante Universitário, que passou a disponibilizar refeições subsidiadas ao preço de R$ 1,40.

FOTOS: ALEX PAZUELLO/AGECOM

Publicado por Amazonas Em Destaque

Um blog com os principais fatos e destaques do Estado do Amazonas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: