Início » GOVERNO DO ESTADO DO AMAZONAS (Page 8)

Category Archives: GOVERNO DO ESTADO DO AMAZONAS

Governo do Amazonas amplia parcerias para reforçar projeto Perdidos e Achados

O Governo do Amazonas, por meio da Ouvidoria Geral do Estado, está reforçando o projeto Perdidos e Achados, serviço que facilita a recuperação de documentos perdidos por parte dos cidadãos. Para ampliar o alcance do projeto, a Ouvidoria está articulando novas parcerias com empresas e órgãos públicos que administrem espaços de grande circulação de pessoas, como shoppings, aeroporto, rodoviária, feiras e hospitais. 
A ideia é ampliar a divulgação e o número de postos de recolhimento de documentos perdidos. O projeto, lançado no dia 17 de agosto, tem como parceiros a Corregedoria de Justiça do Amazonas, Defensoria Pública, Secretarias de Estado de Assistência Social (Seas) e de Segurança (SSP/Instituto de Identificação) e da empresa Processamento de Dados do Amazonas S/A (Prodam). 


Nos meses de agosto e setembro, foram entregues nas unidades do Pronto Atendimento ao Cidadão (PAC), por meio do projeto Perdidos e Achados, 1.661 documentos, dos quais 38 foram resgatados. Nesse período, o Disk Cidadão também recebeu 667 ligações de pessoas para consulta sobre documentos perdidos. 
Além de auxiliar o cidadão na recuperação de documentos perdidos, o projeto visa reduzir gastos do Governo para a emissão de documentos. O Estado do Amazonas é um dos únicos do País que não cobra nenhuma taxa para expedir a Carteira de Identidade. Em média, são emitidas oito mil carteiras de identidade por mês, somente 1ª via, e três mil em segunda via.
Cadastramento – Quando o documento é entregue em uma das unidades do PAC, um técnico do Governo do Estado faz um cadastro do documento, que é disponibilizado no site da Ouvidoria Geral (www.ouvidoria.am.gov.br) para consulta, pelo período de 60 dias. A busca deve ser feita pelo nome do titular do documento. A consulta também pode ser feita por meio do Disk Cidadão, no número de telefone 0800 286 2300. Caso não seja resgatado no período de 60 dias, o documento será devolvido ao órgão expedidor.
Resgate do documento – Ao localizar o documento ou pelo site ou pelo Disk Cidadão, o titular deverá comparecer a uma das unidades informadas ou identificadas no site, onde preencherá um formulário e fará a retirada.
Onde entregar e resgatar os documentos:
PAC São José – Alameda Cosme Ferreira – Shopping Uai São José (zona leste);
PAC Cidade Nova – Av. Noel Nutels, 1350, Cidade Nova (zona norte);
PAC Compensa – Av. Brasil, 1325, bairro Compensa (zona oeste);
PAC Porto – Rua Marquês de Santa Cruz, s /nº, Armazém 10 do Porto de Manaus, centro;
PAC Alvorada – Rua Desembargador João Machado, 4922, bairro Planalto (zona centro-oeste);
PAC Educandos –Av. Beira Mar, s/nº, bairro Educandos (zona sul).
Manaus Plaza Shopping – Av. Djalma Batista, n 2
°100, Chapada (zona centro-sul).

Temporada de cruzeiros trará mais de 30 mil turistas ao Amazonas

Mais de 30 mil turistas visitarão o Amazonas na temporada de cruzeiros 2012/2013. Os primeiros visitantes chegam ao Estado no dia 18 de outubro, quando aporta em Manaus o navio Amadea com 860 turistas da Alemanha. O último navio da temporada chega ao Estado no dia 2 de maio. Na temporada passada, o Amazonas recebeu 25.658, e para esta a previsão é de 30.562, o que representará um crescimento de 18,93%.
Esses turistas devem injetar na economia local cerca de US$ 9,4 milhões. Na temporada passada, a movimentação financeira foi de US$ 8,3 milhões. Além do maior número de turistas e também da previsão de um aumento na movimentação da economia local, a temporada 2012/2013 vai receber 29 navios, quatro a mais do que a passada.
Para a presidente da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur), Oreni Braga, o aumento no fluxo de turistas de cruzeiros só reafirma que o trabalho desenvolvido pelo Governo do Estado está no caminho certo, pois o fruto da promoção da Marca Amazonas no mercado internacional é o crescimento do fluxo de turistas, especialmente no segmento de cruzeiros. “Estamos colhendo frutos do trabalho realizado pelo Governo do Amazonas. Agora, o nosso foco é trabalhar para estruturar mais o Estado”, disse.

Oreni Braga confirmou que, nesta temporada 2012/2013, a Amazonastur vai continuar realizando pesquisas que traçam o perfil dos turistas que entram no Amazonas. “Esse trabalho é importante porque nos orienta em buscar sempre a melhoria”, completou.
No último levantamento foi identificado que 41,61% dos turistas tinham a procedência dos Estados Unidos, em seguida ficaram Reino Unido (27.45%) e Alemanha (19,35%). A renda média dos turistas foi superior a US$ 35 mil dólares. O gasto médio foi de US$ 139 dólares por dia, sendo que estes turistas tem uma permanência media de dois dias.
Divulgação nos Estados Unidos e Europa – O Governo do Amazonas, por meio da Amazonastur, também está promovendo a Marca Amazonas nos Estados Unidos e em Portugal. Nos Estados Unidos, o Governo participou da promoção do Roteiro Integrado BRA (Bahia, Rio de Janeiro e Amazonas). No continente europeu, o Estado está participando da 5ª edição do projeto Goal to Brazil.
Na primeira ação, nos Estados Unidos, o Amazonas foi promovido em três grandes cidades: Miami, Dallas e Nova York. Mais de 200 pessoas, entre operadores de turismo e jornalistas especializados tiveram a oportunidade de conhecer os atrativos do Amazonas apresentados pela Amazonastur.
Oreni Braga diz que a promoção do Roteiro Integrado BRA nos Estados Unidos fortaleceu a imagem do Amazonas entre os norte-americanos. “A promoção do Roteiro Integrado nos EUA tem como objetivo fortalecer a cultura, a gastronomia e os atrativos turísticos dos três destinos brasileiros, no mercado americano, sobretudo do Amazonas, uma vez que aquele país e o principal emissor de turistas para o Estado“, disse a presidente.
Os eventos nos Estados Unidos ocorreram em forma de workshops e os participantes tiveram a oportunidade de provar doces de cupuaçu, além de escabeche de pirarucu com pirão durante o jantar. “Além da gastronomia, os convidados assistiram uma apresentação de boi bumbá e receberam material promocional em inglês“, disse a presidente do órgão.
Europa – Na Europa, o Amazonas esteve presente como destino prioritário para a Embratur no 5º Goal to Brazil, evento que ocorreu nesta quarta-feira, dia 17 de outubro, em Lisboa, e contou com mais de 220 convidados especiais, tendo como representantes do Brasil o vice-ministro do Esporte, o ex-técnico da seleção brasileira Luiz Felipe Scolari, entre operadores de turismo, agentes de viagem e jornalistas portugueses.
O objetivo do evento e proporcionar um maior conhecimento sobre o Brasil, em especial, sobre as cidades-sede da Copa do Mundo FIFA 2014, como destinos turísticos, ao mercado português. Oreni Braga disse que a 6ª edição do Goal to Brazil vai ocorrer em Toronto, no Canadá, no dia 1º de novembro de 2012, e Manaus será a cidade anfitriã. “Estamos nos preparando há alguns meses para essa ação. Temos certeza que será um dos melhores Goal to Brazil”, frisou.
O Amazonas se apresentará como o representante da Amazônia Brasileira, como destino Ecoturistico do País, levando ao mercado canadense a gastronomia, cultura e outros produtos turísticos. Oreni Braga ressaltou que visando fortalecer a Marca Amazonas no mercado canadense, o Estado estará, também, em Montreal no dia 30 de outubro de 2012, realizando um Workshop de Capacitação para agentes de viagem, operadores de turismo e jornalistas especializados.

Em encontro com presidenta Dilma, governador Omar Aziz assegura recursos para anéis viários e aeroportos

O governador do Amazonas, Omar Aziz, esteve reunido com a presidenta da República, Dilma Rousseff, na tarde desta quarta-feira no Palácio do Planalto, em Brasília (DF), para tratar de novos projetos nas áreas de mobilidade, infraestrutura e habitação para a capital e alguns municípios amazonenses. Somados, os projetos chegam a mais de R$ 2 bilhões.
Entre as obras previstas para Manaus, está a implantação de dois anéis viários que irão melhorar a mobilidade urbana da capital. “Essa é uma obra que dá quase trinta quilômetros. Serão investidos aproximadamente R$ 276 milhões. E hoje a presidenta aprovou o orçamento desse projeto que levamos cerca de oito meses para formatar. Com isso, ocorrerá a liberação da verba federal. Mas agora nós vamos licitar a obra. Agora começam os trâmites legais”, explicou Omar Aziz.
O Anel Viário Sul prevê a duplicação de 8,3 quilômetros da estrada do Tarumã, na zona oeste, que vão do trevo da Avenida Santos Dumond até o trevo da Avenida Torquato Tapajós. A previsão de investimentos é de R$ 97.509.893,81. O Anel Viário Leste compreende o trecho entre a Reserva Duque e a Bola do Distrito Industrial II. Serão 17,6 quilômetros de intervenção, sendo investidos R$ 172.687.585,28.  
Além da equipe técnica do Governo Federal, participaram da reunião as ministras do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior, e de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, e os senadores Eduardo Braga e Vanessa Graziottin.
Construção de aeroportos – Após o encontro, o governador do Amazonas, Omar Aziz, também anunciou que o Governo Federal irá construir sete novos aeroportos no Estado (Jutaí, Maraã, Amaturá, Nova Olinda, Pauiní, Codajás e Uarini) e outros 18 serão reformados. Cada novo aeroporto deverá custar entre R$ 22 milhões e R$ 25 milhões. “Quem conhece a realidade do Amazonas sabe a dificuldade de transporte que temos na nossa região. Ainda vamos licitar essas obras dos aeroportos. E esperamos concluir essas construções em um ano e meio”, afirmou.

O governador explicou que a princípio esses recursos seriam oriundos do ProInveste, Programa de Apoio ao Investimento dos Estados e Distrito Federal. Mas após conversa com a presidenta Dilma ficou acertado que a verba virá de outra fonte. “Um programa com recursos para a construção de aeroportos em todo o país deve ser lançado pela presidenta Dilma em novembro deste ano. Portanto, os sete aeroportos serão incluídos nesse novo programa de Governo. Com isso, poderemos usar a verba do ProInveste para outras obras no Amazonas”, pontuou.
De acordo com a Secretaria Estadual de Infraestrutura (Seinfra), os projetos de cinco dos sete novos aeroportos já estão prontos. No Amazonas, dos 61 municípios do interior do Estado, 54 já têm aeroporto.
Durante o encontro com a presidenta Dilma, que confirmou visita a Manaus na próxima segunda-feira, dia 22 de outubro, o governador também discutiu projetos de urbanização e habitação. Entre os projetos que poderão ter apoio do Governo Federal estão o de reurbanização no Distrito do Cacau Pirêra, em Iranduba, e no Lago do Jauari, no município de Itacoatiara. Na área de habitação, há projetos que devem beneficiar 2 mil famílias em Iranduba e 384 famílias de Itacoatiara.

FOTOS: ALEX PAZUELLO / AGECOM

Oferta de cirurgias de catarata no Estado em dobro a partir de outubro

A Secretaria de Estado da Saúde (Susam) começa, neste mês de outubro, uma nova etapa dos mutirões de cirurgia de catarata no Estado. Com investimentos da ordem de R$ 6 milhões, o Governo do Amazonas garantiu a realização de 8.814 procedimentos cirúrgicos para execução até junho de 2013. A oferta é mais que o dobro do número de operações feitas nos últimos doze meses e atende a estimativa de zerar a fila de pessoas que buscam pelo tratamento da doença.
Até setembro deste ano, cerca de quatro mil cirurgias foram custeadas pela Susam em atendimentos na capital e interior. A nova fase dos mutirões conta com recursos partilhados com o Governo Federal. Do total de cirurgias contratado, 4.451 serão disponibilizados exclusivamente para os municípios do interior.
Doença que compromete a formação de imagens na retina, a catarata geralmente afeta pessoas idosas, à exceção dos casos congênitos. Só pode ser curada por meio da cirurgia, que consiste em substituir o cristalino danificado do olho por um artificial.
Na rede pública de saúde, a demanda é elevada e a prioridade tem sido pela cirurgia dos pacientes de casos mais graves. Com o aumento na oferta de vagas para operação, será possível mudar a dinâmica e atender também aquelas pessoas que estão com a doença ainda na fase inicial de desenvolvimento, afirma o secretário estadual de Saúde, Wilson Alecrim.
“Neste ano, nós já retiramos bastante gente da fila. Pessoas que tinham a doença em estágio avançado. Ainda existem alguns casos, que serão tratados agora, mas como estamos ofertando um número maior de cirurgias será possível atender também aquelas pessoas que estão com a doença ainda em seu estágio inicial, já com indicação cirúrgica. Com isso, a pessoa deixa de sofrer vários anos com a deficiência na visão”, pontuou.
Prioridades de atendimento – Os pacientes que já possuem encaminhamento para a cirurgia serão os primeiros atendidos nessa nova etapa do mutirão. Para fazer a operação, a pessoa que apresenta problema na visão deve se consultar com um oftalmologista nas Unidades Básicas de Saúde e Policlínicas e fazer um exame completo. No interior, as consultas com o especialista podem ser feitas nos hospitais públicos.
Somente após a indicação médica é que a pessoa pode entrar na fila para a cirurgia, enfatiza Alecrim. “Realizada a consulta oftalmológica e identificado o caso de catarata, o paciente será encaminhado ao tratamento cirúrgico. A operação é marcada via central de regulação com a indicação da data, clínica ou o local onde a cirurgia será feita, no caso dos municípios do interior”, explicou.
As cirurgias serão feitas nos hospitais públicos por equipes enviadas pela Susam, conforme a demanda informada pelas secretarias municipais de saúde. Em Manaus, a Susam possui cinco clínicas conveniadas para realizar o serviço.
Por dois anos, a aposentada Antônia Souza, 75, sofreu com a deficiência até ser operada na rede pública. A vista turva e embaçada tornava difíceis as tarefas mais simples do dia a dia e acabaram afastando-a de sua grande paixão pela costura. Diagnosticada com catarata, a dona de casa fez a primeira cirurgia para correção do problema em junho. “Estou muito satisfeita porque começo a voltar a enxergar direito. É uma benção! Vou ficar ainda mais feliz quando fizer do outro lado. O médico disse que não vou nem precisar usar óculos, só mesmo para enfiar a linha na agulha, mas é um grau bem baixinho”, disse.
FOTOS: NONATO DUARTE E ROBERTO CARLOS

EM COARI: HÁ MOTIVOS PARA PROTESTAR QUE NÃO SEJA O RESULTADO DAS ELEIÇÕES

Coari viveu intensos dias de atrasos de salário e de décimo terceiro salário e ninguém protestou. Hoje a cidade amanheceu entulhada de lixo por toda a parte em virtude dos caçambeiros não terem recebido os seus pagamentos e ninguém mobilizou movimento para fazer protesto… A violência crassa em Coari com o abuso do tráfico de drogas no Bairro Duque de Caxias e assaltos à mão armada acontecem em plena luz do dia e não há protestos… Não se mobiliza contra as injustiças sociais, contra o abuso do poder público, contra o descaso ou outro fator que pertuba a vida em sociedade.

Porém, recentemente Coari viveu uma eleição justa e limpa, quando todos os quatro candidatos disputaram o pleito no voto e na urna, tendo os eleitores coarienses vivenciado o dia da eleição em um clima de tranquilidade como manda a democracia madura, eleição bem disciplinada pela justiça eleitoral sem incidentes de violência, com uma apuração moderna e rápida e com um resultado que demostrou a escolha da maioria da população de Coari, aliás maioria bem definida como manda o sistema representativo e algumas pessoas inconformadas com o resultado da eleição querem criar protestos simplesmente para tulmutuar o clima pacato que a cidade vive desde o dia da eleição, com o claro objetivo de criar um fato que pode trazer instabilidade para o município que tanto sofre com a ausência de políticas publicas… Quer dizer: protesto para quê? Para atender uma tentativa desesperada de ganhar no tapetão aquilo que a maioria dos cidadãos de Coari já decidiram na urna? Não seria melhor respeitar a democracia e caminhar para a governabilidade do município? Sem dúvida há motivos para protestar, que não seja o resultado da eleição que por sinal foi extremamente justa do ponto de vista legal, moral e democrático.
Se queremos protestar vamos protestar contra os baixos índices alcançados no IDEB por conta péssima qualidade no ensino municipal. Protestemos contra as constantes interrupções de energia elétrica. Façamos protestos contra o lixo que toma conta da cidade. Contra as drogas. Contra os assaltos à mãos armada que continuam acontecendo. Protestemos contra a perseguição de funcionários, contra os desmandos do poder público, contra as ruas esburacadas e a favelização das regiões periféricas do município. Há motivos para protestar, que não seja o resultado da eleição municipal que foi extremamente justa.

Governo do Amazonas envia à ALE projetos com mudanças no ICMS para o comércio de importados

O governador do Amazonas, Omar Aziz, encaminhou à Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE), na terça-feira, 10 de outubro, três mensagens sobre Projetos de Lei que tratam do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Entre os principais está o que estabelece novo tratamento fiscal à importação de mercadorias por indústria incentivada pela Lei Estadual 2826/2003 que possui estabelecimento comercial importador.

Os outros dois projetos tratam de remissão, anistia e parcelamento de créditos tributários de ICMS e de isenção do imposto sobre energia elétrica para instituições sem fins lucrativos que desenvolvam programas e projetos nas áreas social e de saúde.
A mensagem de número 095/2012, cujo projeto concede incentivos fiscais à atividade comercial, propõe a revogação do Capítulo II, do Título II da Lei nº 2826/2003, e dá novo tratamento à importação de mercadorias adquiridas por indústrias não cobertas por incentivos do Decreto-Lei 288/1967, que regulamenta a Zona Franca de Manaus.
Para essas indústrias, que tenham estabelecimento comercial importador com inscrição estadual específica, o Projeto de Lei prevê, no caso de mercadorias que possuem similar nacional, diferimento de ICMS na importação do exterior e crédito fiscal presumido equivalente a 3% do valor da saída, se destinada a outro Estado, calculado sobre o valor da operação.
No caso de mercadorias sem similar nacional, definidas em lista editada pelo Conselho de Ministros da Câmara de Comércio Exterior (Camex), está prevista a redução da base de cálculos de ICMS na importação do exterior de forma que resulte em uma carga equivalente a 6%, além de crédito fiscal presumido, de 6% do valor da saída, se destinada a outro Estado, calculado sobre o valor da operação.
Nas operações com bebidas alcóolicas por comércio na Zona Franca de Manaus, que pratique preço inferior ou igual ao de lojas francas (dutty free) do Rio de Janeiro e São Paulo, é aplicado outro tratamento, com redução de cálculo do ICMS na importação do exterior de forma que resulte em carga tributária de 6%; redução na alíquota de ICMS para 12% em operações internas; e, nas operações interestaduais, diferimento de ICMS e crédito fiscal presumido de 3%.
Quanto à importação do exterior de mercadoria adquirida com incentivos do Decreto-Lei 288/1967, a alíquota interna de ICMS de operações de empresas comerciais é reduzida para 7%. A alíquota de 7% também será aplicada nas saídas de bens de consumo final, incentivados e industrializados no Estado, nos termos da Lei 2826/2003. O Projeto do Governo mantém a redução da base de cálculo do ICMS já existente na mesma Lei, nas operações com mercadorias integrantes da Cesta Básica, com carga tributária de 1%.
Remissão de créditos tributários – Outra mensagem enviada à ALE-AM pelo Governo Estadual, de número 093/2012, trata da remissão de créditos tributários de ICMS de pequeno valor, decorrentes de fatos geradores ocorridos até 31 de janeiro de 2012.  Os valores dos fatos geradores contemplados com a medida variam de R$ 1 mil a R$ 10 mil.
A mesma mensagem prevê a dispensa ou redução de penalidades pecuniárias, aplicadas em decorrência de infração à legislação do ICMS, bem como as multas e juros de mora pelo atraso no pagamento do imposto, correspondentes a fatos gerados ocorridos até 30 de junho de 2012. A redução de multa pecuniária e de mora varia de 70% a 100% e dos juros de mora de 20% a 50%, dependendo do parcelamento do pagamento, que pode variar de 12 a 60 parcelas. De acordo com o Governo do Estado, o benefício visa estimular a adimplência junto aos contribuintes.
O Projeto de Lei prevê ainda dispensar as penalidades pecuniárias e multas e juros de mora pelo atraso no pagamento de ICMS, relativo ao imposto vencido nos meses de janeiro a maio deste ano, além de parcelar em até cinco vezes, a partir de outubro de 2012, os débitos de contribuintes do interior do Estado gravemente atingidos pela cheia dos rios amazônicos.
Incentivo às instituições sem fins lucrativos – Conforme anunciado pelo governador Omar Aziz, o Governo do Estado também prevê conceder isenção de ICMS nas saídas de energia elétrica destinadas a instituições sem fins lucrativos que desenvolvam programas e projetos na área social e de saúde.  A mensagem 094/2012, encaminhada na terça-feira, 9 de outubro, estabelece que terão direito ao incentivo as instituições conveniadas com o Governo do Estado, que façam atendimento de forma gratuita a pessoas carentes e possuam certificado de entidade beneficente de assistência social expedida pelo Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS) ou outro órgão governamental competente.
O objetivo do Governo do Estado é permitir economia nos gastos com manutenção destas instituições para que possam concentrar mais recursos no atendimento das pessoas necessitadas.

UEA divulga nova data para prova de Habilidades Específicas nos cursos de Dança e Música

Em virtude da realização do segundo turno no processo eleitoral municipal deste ano, a Universidade do Estado do Amazonas (UEA) comunica aos candidatos que tentarão vagas nos cursos de Dança e Música, por meio do Vestibular 2012, acesso 2013, que a prova de Habilidades Específicas, prevista inicialmente para o dia 28 de outubro, teve a data alterada.


No caso dos candidatos ao curso de Dança, a prova prática será realizada no dia 4 de novembro, às 8h, na Escola Superior de Artes e Turismo (Esat – avenida Leonardo Malcher, nº 1.728, Praça 14 de Janeiro, zona sul), em Manaus. Também nesta mesma data, horário e local, os candidatos ao curso de Música farão a prova prática, desde que tenham sido aprovados na prova de Teoria e Percepção Musical a ser aplicada no dia 21 de outubro.

A alteração deu-se no item 11.1 do edital do Vestibular. Todas as provas de Habilidades terão início às 8h. Os cartões de confirmação do candidato serão disponibilizados no portal da UEA (www.uea.edu.br), a partir do dia 11 de outubro, pela Vunesp, incluindo as informações da nova data da prova.


CRONOGRAMA
DATA/HORÁRIO
ATIVIDADES
21/10
8h
Prova de Teoria e Percepção Musical para os candidatos inscritos no curso de Música.
Prova Prática para os candidatos inscritos no curso de Teatro.
23/10
8h
Divulgação da nota da prova teórica – Música.
04/11
8h
Prova Prática para os candidatos inscritos no curso de Dança.
Prova prática para os candidatos aprovados na prova de Teoria e Percepção Musical.
07/11
8h
Divulgação do resultado final das Provas de Habilidades Específicas de Dança, Música e Teatro.

Hemoam aprova mestrado na Capes em Hematologia

A Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam) obteve aprovação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) para implantar, em parceria com Universidade do Estado do Amazonas (UEA), o mestrado em Ciências Aplicadas à Hematologia. A expectativa é que o Edital de seleção seja lançado até o fim deste ano para que o curso inicie em 2013.


A primeira turma está prevista para ter 17 alunos, com seleção anual, com dois anos de duração. Serão 17 pesquisadores que vão desenvolver projetos de pesquisa em uma dimensão mais profunda e deverão obedecer ao padrão de qualidade exigido para publicação em revistas indexadas.

A implantação do mestrado configura uma nova etapa na história do hemocentro do Amazonas. Com a aprovação, a Fundação Hemoam passa a ser a terceira instituição no País a receber aceitação da Capes. No Brasil, existem mestrados nessa área apenas na Escola Paulista de Medicina e na USP de Ribeirão Preto.

O projeto, que foi desenvolvido pelo diretor-presidente da Fundação Hemoam, Nelson Fraiji, pela diretora de Ensino e Pesquisa do hemocentro, Dagmar Kiesslich, e por outros diretores da instituição, foi aprovado sem sofrer reparos e segue a orientação do governador Omar Aziz de ampliação de atividades acadêmicas no órgão para que possa beneficiar mais a população com pesquisas que resultem em mais conhecimento técnico.

De acordo com Nelson Fraiji, isso faz com que o órgão dê um salto enorme como plataforma de pesquisa na região. “Nossa intenção é que este programa sirva de base para formação de alto padrão para os que trabalham na hemorrede publica da região norte, nordeste e centro-oeste. A missão do mestrado é preparar o indivíduo para o desenvolvimento da pesquisa, considerando sua importância para o avanço tecnológico. Por isso a pesquisa é uma plataforma importante para o desenvolvimento da instituição e a solução dos problemas na qual ela está inserida”, enfatizou Fraiji.

De acordo com o diretor-presidente, a dimensão do que vai se estabelecer, a partir deste projeto gestado na diretoria de ensino e pesquisa da instituição, é enorme. “Esse mestrado muda, ao longo do tempo, a própria realidade da hematologia do nosso Estado e muito certamente na região norte, incluindo a região centro-oeste e nordeste, que serão integradas a nós”, disse.

Desenvolvimento – O projeto prepara a instituição para um novo patamar de investigação cientifica, com novos laboratórios, com o envolvimento de novos professores doutores, ligado também ao projeto de mestrado de professores visitantes sêniores, que são docentes com grande experiência em pesquisa e informação de alto nível recrutados no país, para ajudar a Fundação na tarefa de consolidar a pós-graduação e a pesquisa no Amazonas.

O projeto de professor sênior com os doutores da instituição ajudou a alavancar o projeto de mestrado, sendo fundamental na conquista desta etapa junto à Capes. Todo este resultado contou com o apoio da Fundação de Amparo a Pesquisa do Amazonas (Fapeam).

Programa Professor Visitante Sênior – O programa Professor Visitante Sênior permitirá a participação de quatro professores doutores com nível elevado de produção científica, vindos de instituições de ensino consagradas nos programas de pesquisa e pós-graduação da Fundação Hemoam.

Nos próximos dias 9 (terça-feira), 10 (quarta-feira) e 11 (quinta-feira), a Fundação Hemoam irá apresentar para imprensa, funcionários e acadêmicos as ações que irão viabilizar a formação dos mestres e alavancar a pesquisa na instituição.

Na oportunidade, serão apresentados três professores visitantes seniores: Marcelo Távora Mira, da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR); Mariane Stefani, da Universidade Federal de Goiás (UFGO); e Nicolaus Albert Borges Schriefer, da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Eles farão visita aos laboratórios do hemocentro para fazer interação direta com os pesquisadores da instituição.

Programação de visita:

Dia 09

9h às 12h – Visita dos professores seniores aos laboratórios da Fundação Hemoam – Interação direta com os pesquisadores da casa.

Dia 10 – Lançamento oficial do Programa de Professor Visitante Sênior – HEMOAM.

9h30 – Café da Manhã.

10h – Abertura – Dr. Nelson Fraiji.

10h30 – 11h15 – O Mestrado em Hematologia/Hemoterapia – HEMOAM – UEA

11h30 – 12h15 – A Fapeam e o Projeto Professor Visitante Sênior.

Dia 11 – Apresentação das propostas dos novos professores visitantes seniores.

10h30 – 11h Dra. Mariane Stefani, PhD

11h – 11h30 Dr. Albert Schriefer, MD, PhD

Governador Omar Aziz elogia tranquilidade do pleito e destaca democracia em eleições municipais

O governador do Amazonas, Omar Aziz, votou por volta das 9h45 deste domingo, dia 7 de outubro, na Escola Estadual Cônego Azevedo, no bairro de Aparecida (zona sul), e elogiou a tranquilidade do pleito eleitoral em Manaus e no interior, além de defender o direito de escolha do eleitor. 

“A população tem o dever de comparecer a essa festa democrática. É um dever de cada cidadão escolher quem acha melhor para dirigir a sua cidade nos próximos quatro anos e, pelas informações que estou tendo, o pleito está transcorrendo normal na capital e no interior”, disse ele, ao chegar para votar na companhia da presidente do Fundo de Promoção Social (FPS), a primeira-dama, Nejmi Jomaa Aziz, e da filha Johara.

Segundo ele, o fim da boca de urna trouxe tranquilidade para o processo eleitoral. “A cada eleição as coisas são mais civilizadas. O eleitor está cada vez mais consciente e mais informado”, destacou, ao afirmar que está torcendo para haver segundo turno em Manaus, o que torna o resultado da eleição mais equilibrado e mais tranquilo para quem for eleito, por permitir que governe com a maioria.

Omar Aziz também destacou que, independentemente do resultado na capital, vai colaborar para ajudar Manaus a resolver seus problemas. “O governo é impessoal e o dever maior de um governador democrata é reconhecer aquilo que o povo quer. A vontade do povo é e sempre será soberana. A população tem o direito de escolher quem quer para ser o gestor e, a partir do momento que é escolhido esse gestor, o governador tem que se render à vontade do povo”, declarou.


Sobre o interior do Estado, Omar Aziz disse ter cumprido com sua decisão de não apoiar candidatos. “Cada cidadão tem o direito de escolher o que é melhor para si. Sem ingerências externas principalmente de quem não mora na cidade. Eu moro em Manaus e, como cidadão, tenho direito de ter uma ingerência, mas não acho que tenho direito de me envolver na eleição em Pauini, por exemplo. Não vou morar lá e quem mora lá é quem tem que decidir. Não é porque sou governador que vou chegar e dizer para a população quem ela deve escolher”.



FOTOS: ALEX PAZUELLO / AGECOM


Agência de Comunicação do Amazonas
       (92) 3303 8372 / (92) 3303 8368
       www.amazonas.am.gov.br
      http://twitter.com/governoamazonas
  http://youtube.com/governodoamazonas

Amazonas deve bater a marca de 840 mil turistas em 2012

No Dia Mundial do Turismo, o Amazonas festeja também o fluxo de turistas que já passaram pelo Estado nos seis primeiros meses de 2012. De acordo com a Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur), mais 390 mil turistas, entre nacionais e estrangeiros, já passaram pelo Estado, o que representa um aumento de 12% em relação a 2011, quando foi registrado pouco mais de 340 mil.

Se o crescimento for mantido, conforme projeções do Órgão Oficial de Turismo, o Amazonas vai bater a marca de 840 mil turistas em 2012. No ano passado o fluxo geral foi de 755.058 turistas. Os meses que foram destaques no fluxo do primeiro semestre foram fevereiro e junho, que, se comparados aos mesmos meses de 2011, o registro foi de pelo menos 11 mil turistas a mais em cada um dos meses.
De acordo com a presidente da Amazonastur, Oreni Braga, esses números devem ser comemorados, mas também servem como alerta. “O Amazonas é o destino da moda entre os brasileiros e estrangeiros e isso estamos percebendo com o aumento do fluxo. O governador Omar Aziz reconhece no turismo um setor forte e, por isso, vem apoiando e estimulando as ações que beneficiam o crescimento do setor, o qual emprega um número aproximado de 60 mil profissionais”.

Oreni Braga disse também que nenhum destino é preparado turisticamente do dia para noite, pois essa preparação demora pelo fato de requer muita atenção dos administradores públicos. “O turismo impacta, economicamente mais de 50 setores e, transversalmente, depende de forma contundente da infraestrutura básica (energia, água tradada, internet, urbanização, saneamento básico, tratamento do lixo e mobilidade urbana), do acesso (estradas, portos, aeroportos, ferrovias e hidrovias sinalizadas), da segurança pública, da saúde e da educação e é, por isso, que este mercado é visto futuramente como um dos setores que vai mais gerar emprego, principalmente aqui em nossa região que já tem um apelo natural muito forte”, completou.
QUADRO COMPARATIVO FLUXO
Ano/mês
2011
2012
Janeiro
65.862
69.552
Fevereiro
58.286
69.893
Março
56.190
63.177
Abril
57.204
62.429
Maio
50.880
55.139
Junho
60.871
71.059
TOTAL
349.293
391.249
Fonte: Indicadores de Turismo do Amazonas – FNCH/Boletim de Ocupação Hoteleira
Promoção do destino – O trabalho de promoção da marca Amazonas no País e no exterior, aliado as belezas culturais e naturais do destino, são importantes para o desenvolvimento do setor e graças a essa estratégia que o Estado está entre os dez destinos mais procurados pelos turistas, segundo a Embratur.
Uma das ações que estão em destaque ultimamente é o Roteiro BRA (Bahia, Rio de Janeiro e Amazonas), que leva a riqueza cultural, gastronômica e natural desses estados para várias capitais mundiais. Além do Roteiro BRA, o Amazonas está presente também no projeto ‘Goal to Brasil’, ação da Embratur que está promovendo as cidades-sedes da Copa de 2014 para várias países. “Além desses eventos, o Estado tem uma agenda própria de eventos, totalmente elaborada estrategicamente para atrair cada vez mais turistas para cá”, disse Oreni.
A participação do Amazonas nos principais eventos do setor acabou colaborando, e muito, para o crescimento do fluxo de turistas no Estado. “Não temos dúvida disso. Hoje, onde o governo brasileiro, por meio da Embratur, estiver, o Amazonas também se faz presente. Essa fórmula de trabalho deu tanto certo que o Estado sempre é convidado para participar de todas as ações da Embratur”, destacou.
 
Dia Mundial do Turismo – O Dia Mundial de Turismo foi comemorado no Amazonas com a Campanha de Combate Contra o Turismo Ilegal. O objetivo da campanha foi orientar os turistas para que eles procurem apenas profissionais ou empresas legalizadas. A ação foi realizada no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, onde os técnicos da Amazonastur distribuíram o material do programa ‘Viaje Legal’, do Governo Federal. Esse material contém dicas para o turista viajar com segurança e de forma legal dentro do País.
 

Pela manhã, a presidente da Amazonastur, Oreni Braga, foi homenageada durante uma Sessão Especial na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas pelo trabalho desenvolvido no setor. “Essa homenagem é importante, pois vem reconhecer o esforço que o Governador Omar Aziz está fazendo para fomentar ainda mais esse setor”, finalizou Oreni.

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 3.357 outros seguidores